11 Ditados Populares Sobre Paciência e seus Significados

Muitos ditados populares falam sobre paciência, mesmo que nas entrelinhas, e você já deve tê-los ouvidos por aí. Cada ditado popular vem carregado de sabedoria e significado, mesmo que se apresente apenas com uma frase. É surpreendente o quanto eles têm a nos ensinar!

Aqui você confere os ditados populares sobre paciência mais conhecidos no Brasil seus significados. Afinal, há sempre algo de novo a aprender!

A pressa é a inimiga da perfeição

O ditado popular afirma que tudo que é feito com pressa perde a qualidade. A paciência é fundamental para planejar e fazer tudo com calma e prudência, sabendo esperar, quando for necessário.

Como fica em inglês?

  • Haste makes waste (Pressa faz desperdícios).

Mais ditados populares como esse:

  • Apressado come cru e quente.
  • Devagar se vai longe.
  • De grão em grão, a galinha enche o papo.
  • O barato sai caro.

De grão em grão, a galinha enche o papo

Quer dizer que aos poucos as coisas vão dando certo e devagar pode se chegar longe. Através da paciência e da determinação as pequenas conquistas de hoje se tornarão as grandes vitórias do amanhã.

Como fica em inglês?

  • You start at the bottom and work your way to the top. (Você começa de baixo e constrói seu caminho até o topo).
  • Little by little everything is possible. (Pouco a pouco tudo é possível).

Mais ditados populares como esse:

  • Devagar se vai longe.
  • De pouco a pouco se alcança o muito.
  • Apressado come cru e quente.
  • A pressa é inimiga da perfeição.
  • O hábito faz o monge.

Um dia da caça, outro do caçador

Mostra que os papéis podem se inverter: quem está por baixo hoje, amanhã poderá estar por cima e vice-versa. Por isso é uma reflexão sobre ter paciência, porque não há mal que dure para sempre, e também humildade, pois quem está no topo também pode vir a cair. Um dia você perde e no outro você ganha.

Como fica em inglês?

  • Every dog has its day. (Todo cachorro tem o seu dia).

Mais ditados populares como esse:

  • Não há mal que sempre dure, nem bem que nunca se acabe.
  • Quem ri por último ri melhor.
  • Um dia você perde, no outro você ganha.
  • Quem com ferro fere, com ferro será ferido.

Devagar se vai longe

Expressa que algo feito com calma, dedicação e paciência faz com que grandes conquistas sejam alcançadas. A pressa é inimiga da perfeição e não permite que as coisas aconteçam ao seu tempo, do jeito que devem ser. Serve de motivação para quem quer alcançar um objetivo.

Como fica em inglês?

  • Slow and steady wins the race. (Lento e firme se vence a corrida).
  • Fair and softly goes far. (Justa e suavemente se vai longe).

Mais ditados populares como esse:

  • De grão em grão, a galinha enche o papo.
  • A pressa é a inimiga da perfeição.
  • Água mole, pedra dura, tanto bate até que fura.
  • Apressado come cru e quente.

Não adianta chorar pelo leite derramado

Expressa que se lamentar não resolve nada. Dá a ideia de paciência porque motiva a aceitar o que aconteceu e seguir em frente. Também é uma advertência sobre se precaver para que coisas ruins não aconteçam, evitando, assim, o arrependimento posterior. 

Como fica em inglês?

  • Don’t cry over spilled milk. (Não chore pelo leite derramado).

Mais ditados populares como esse:

  • Quem semeia vento, colhe tempestade.
  • O barato sai caro.

Água mole, pedra dura, tanto bate até que fura

Representa a paciência e persistência de insistir em algo até conseguir. Mesmo quando só é possível dar um pequeno passo de cada vez, pela determinação é possível alcançar a vitória.

O ditado popular ou provérbio teve o seu primeiro registro feito pelo poeta latino Ovídio (43 a.C.-18 d.C.), há mais de dois mil anos: “A água mole cava a pedra dura.”

Como fica em inglês?

  • Water dripping day by day wears the hardest rock away. (Água pingando dia após dia desgasta a pedra mais dura).
  • Constant dripping wears away the stone. (Pingueira constante desgasta a pedra).

Mais ditados populares como esse:

  • Devagar se vai longe.
  • De grão em grão, a galinha enche o papo.
  • O hábito faz o monge.

Quem ri por último ri melhor

Quer dizer que não se deve contar vantagem, se sentir superior, achar que o outro é incapaz e fazê-lo se sentir humilhado perante as suas conquistas através de desprezo e zombaria, pois pode haver uma reviravolta que coloque esse alguém em uma posição superior a quem antes acreditava estar no topo.

Também quer dizer que quem tem paciência e age com sabedoria diante de desprezo ou humilhação no futuro poderá estar rindo de seus ofensores.

Como fica em inglês?

  • Who laughs last laughs best.

Mais ditados populares como esse:

  • Um dia da caça, outro do caçador.
  • Nem sempre o primeiro da fila é o mais inteligente.
  • Apressado come cru e quente.
  • A pressa é inimiga da perfeição.
  • Devagar se vai longe.

Apressado come cru e quente

Expressa que quem faz as coisas com pressa e sem planejamento não colhe bons resultados. É uma advertência para se ter paciência e calma para agir diante de qualquer situação ou decisão a tomar. É fundamental saber esperar.

A expressão surgiu quando ainda não existia micro-ondas. Sendo assim, os apressados comiam cru por dentro e quente por fora por não esperarem a comida cozinhar por completo no fogão.

Como fica em inglês?

  • Haste makes waste. (Pressa faz desperdício).
  • Fools rush in where angels fear to tread. (Os tolos correm para onde os anjos temem pisar).

Mais ditados populares como esse:

  • A pressa é a inimiga da perfeição.
  • O barato sai caro.
  • Mais vale um pássaro na mão do que dois voando.

O barato sai caro

O ditado popular expressa que nem tudo que parece vantajoso ou fácil de ter à primeira vista vale a pena, pois pode apresentar problemas no futuro. A paciência é importante para analisar cada situação e ter prudência para não se deixar levar pelo primeiro impulso ou aparência.

Como fica em inglês?

  • You get what you pay for (Você consegue o que você paga por isso).
  • When cheap becomes expensive. (Quando o barato se torna caro).

Mais ditados populares como esse:

  • As aparências enganam.
  • Nem tudo que reluz é ouro.
  • Apressado come cru e quente.

Mais vale um pássaro na mão do que dois voando.

Quer dizer que é melhor ficar com aquilo que já está garantido ou ter pouco do que se arriscar a perder tudo por causa da ambição de querer ter sempre mais. O pouco que se tem é mais garantido do que o risco de acabar sem nada.

A origem do ditado popular está nos antigos caçadores, que consideravam apanhar a ave que já tinham acertado de raspão do que atirar em outras e arriscar que a outra conseguisse fugir.

Como fica em inglês?

  • A bird in the hand is worth than two in the bush. (Um pássaro na mão valem mais do que dois no mato).

Mais ditados populares como esse:

  • Antes só do que mal acompanhado.
  • Quem não tem cão, caça com gato.
  • Gato escaldado tem medo de água fria.
  • Deus escreve certo por linhas tortas.
  • Cavalo dado não se olha os dentes.
  • Apressado come cru e quente.

Deus escreve certo por linhas tortas

Expressa que acontecimentos ruins podem ser bênçãos disfarçadas. Eles fazem parte da vida e são necessários, muitas vezes, para que um bem maior possa acontecer depois. Derrotas e frustrações devem ser encaradas com otimismo, positividade, fé e paciência, pois tudo se encaminhará para o bem no final. Os fins justificarão os meios.

O ditado popular tem origem em uma passagem da Bíblia Sagrada: “Atenta para a obra de Deus: Quem poderá endireitar o que ele fez torto?” – Eclesiastes 7: 13.

Como fica em inglês?

  • God writes straight with crooked lines.
  • It was a blessing in disguise. (Foi uma bênção disfarçada).

Mais ditados populares como esse:

  • As aparências enganam.
  • Mais vale um pássaro na mão do que dois voando.
  • A pressa é a inimiga da perfeição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *